Patrocínio
Volkswagen
Consultar o CPF/CNPJ dos seus clientes ficou mais fácil e mais barato

Expressões corporais e seus significados

Artigo redigido por Paulo Felipe Rodrigues → 16/9/19

As expressões corporais que emitimos, muitas vezes passam de forma desapercebida por nós mesmos. Porém, para os outros não!

Você sabia que a linguagem não verbal transparece sentimentos, intenções, pensamentos? Trata-se de outra forma de nos comunicarmos e interagirmos sem o uso da fala.

Mas afinal, o que é mesmo a expressão corporal?

Podemos defini-la como um modo involuntário que nosso corpo tem de se manifestar. Em suma, trata-se de uma interlocução do tipo não verbal, amparada em movimentos da face, posturas e gestos.

Cinema e desenhos animados usam bastante o recurso da linguagem não verbal

Quem porventura já assistiu algum episódio daqueles desenhos clássicos como Tom e Jerry, Pantera Cor de Rosa, ou até mesmo um filme interpretado por Charles Chaplin? Até mesmo o popular Mr. Bean, todos eles nos fazem rir, comunicando-se apenas por gestos e expressões corporais. Para quem curte séries, “Lie To Me” trata exatamente da questão da interpretação das expressões corporais humanas. (Fica a dica).

Fato é que, por meio das nossas expressões corporais, é possível até mesmo identificar se alguém está falando a verdade, ou mentindo. Por isso, compreender melhor o que nossos gestos refletem sobre nosso estado de espírito, é importante.

Por exemplo, durante a apresentação de um TCC, determinada postura adotada e alguns tipos de gestos, podem significar que você está nervoso(a), ou ainda, que não tem certeza do que está falando, e até mesmo que está inseguro(a).  Assim como outro comportamento revelado pelo seu gestual pode, de fato, afirmar que você está relaxado(a), comprometido(a) e firme em relação ao que diz.

Certamente você deve estar pensando agora sobre quais são as expressões corporais mais comuns e até mesmo o que elas dizem sobre o nosso estado de espírito, não é mesmo?

Pois bem, falaremos a seguir, exatamente sobre 5 expressões corporais e os seus significados. Acompanhe!

1- Esconder as mãos, apertá-las ou mexê-las de forma exagerada

Quando você coloca as mãos no bolso (escondendo-as), pode ser entendido pelos outros como um gesto de desinteresse e descaso. Se as movimenta de forma exagerada ou até mesmo aperta, cerrando os punhos, isso pode significar que você está nervoso(a).

Além disso, as pessoas podem interpretar que você não tem confiança naquilo que está dizendo, por exemplo.

É comum, que alguns interlocutores entendam esses gestos como uma forma de indelicadeza com eles.

2- Expressões corporais como pernas e braços cruzados

É bem comum que durante uma reunião, você perceba alguém com pernas e/ou braços cruzados. Em determinados contextos essa expressão corporal sugere que a pessoa está fechada para o diálogo, afinal, significa um gesto de defesa.

Quem atua na área de vendas, por exemplo, deve evitar tais gestos, sobretudo durante negociações, pois dará a ideia de que você não está disposto(a) a ouvir uma contraproposta, por exemplo. Durante uma palestra, os braços cruzados farão com que você demonstre distância do público.

3- Desviar o olhar

Quando alguém fala com você, olhando em seus olhos e você olha para baixo ou desvia o olhar, isso pode ter vários significados. Intimidação, medo, desatenção e até mesmo tédio, são alguns dos motivos revelados por esse gestual.

Durante uma apresentação, palestra, por exemplo, não estabelecer um contato visual com a plateia, olhando para o relógio incessantemente, por exemplo, pode sinalizar que você quer logo ir embora.

4- Má postura, costas curvadas, pescoço caído

Das expressões corporais, a má postura com ombros e costas inclinados, revela certa fraqueza e até mesmo uma falta de profissionalismo para quem está à sua frente.

Insegurança e fragilidade também são alguns dos significados desse tipo de postura, o que fatalmente trará prejuízos à sua carreira, relações e negócios em geral.

5- Semblante sério, sisudo

Se você quer causar uma boa impressão, saiba que o rosto é um dos aspectos fundamentais. No entanto, algumas pessoas adotam um semblante sério, sisudo, o que acaba dando a ideia de que “são bravas” “rudes”, e que estão descontentes. Dessa forma, acabam causando má impressão, limitando as chances de sucesso.

Dicas para otimizar suas expressões corporais

  • Mantenha suas mãos soltas, assim como seus braços. Faça gestos naturais, concisos e calculados;
  • Procure deixar braços e pernas soltos. Isso dará uma noção de compreensão, participação e abertura ao diálogo;
  • Sempre que possível, olhe nos olhos quando falar com alguém. Isso vai gerar confiança;
  • Cabeça para cima indica uma atitude examinadora ou neutra. A postura da coluna deve ser ereta. Isso mostrará força, convicção;
  • Sorrir é uma porta sempre aberta para você, seja em uma reunião, seja no trato com clientes, ou durante uma apresentação. Além disso, procure também ter um forte e seguro aperto de mão para mostrar segurança, firmeza e confiança.

E você, já tinha notado como nosso corpo e gestos dão pistas sobre nós mesmo? O que você costuma fazer para lidar com suas expressões corporais de forma assertiva? Conte pra nós!

Paulo Felipe Rodrigues

Paulo Felipe Rodrigues

Paulo Felipe Rodrigues é empreendedor, CEO e responsável pelo desenvolvimento da Tagarela School, escola de comunicação e marketing. Durante quatro anos atuou no departamento de marketing da IBS/FGV e por um ano fez parte da equipe de projetos da Agência Click, atual Isobar. Ele participou também do desenvolvimento de projetos de comunicação e marketing para grandes empresas, entre elas, TIM, FGV, MRV, FIAT, FINA FORMA e LOKAMIG.