Patrocínio

Videochamada: 5 dicas para você melhorar o seu desempenho

Artigo redigido por Paulo Felipe Rodrigues → 24/3/21

Em um tempo não muito distante estávamos em um escritório com estrutura para reuniões, uma mesa grande, garrafa de café, pão de queijo, projetor, quadro para anotações, e claro, o velho e bom convite via e-mail.

“Como vamos fazer isso? Reserva a sala de reuniões e resolveremos.”

E aí depois de uma hora de reunião você percebe que bastaria um e-mail bem redigido para solucionar a questão. Bateu saudades?

Eu espero que em breve possamos vivenciar a experiência de conviver com nossos amigos novamente, e que também tenhamos consciência da necessidade de tornarmos as reuniões mais produtivas.

Mas enquanto passamos pela turbulência, temos que nos adaptar com a nova realidade: as videochamadas. É Skype para cá, Meet para lá, Zoom acolá… E ouso dizer que mesmo pós pandemia muitas empresas irão adotar esse modelo como principal canal de comunicação.

Durante o período em que se tornou moda as videochamadas, o que pude perceber é que de fato algumas pessoas estão com dificuldades de assimilar o novo cenário, de encarar com a seriedade que encarariam um encontro presencial.

É importante entender o momento que passamos, não era “normal” uma pessoa ao mesmo tempo que trabalha ter que atender a porta de casa. É novidade, até estarmos 100% acostumados alguns acidentes irão acontecer, se você jogar “cenas engraçadas home office…” no Google vai encontrar diversos relatos.

Dito tudo isso, é possível tornar o momento da videochamada menos estressante e mais produtivo. Vou deixar aqui algumas dicas para você se comunicar melhor.

  1. Planejamento de pauta

O tempo é ouro, por isso, para que você não aumente o desgaste, saiba exatamente o que precisa ser tratado naquele momento, vá direto ao ponto, uma reunião de 10 minutos pode ser feita em 7 minutos se tiver um objetivo claro.

Ter um encontro de 2 horas não significa que você tenha trabalhado demais. Pense em como ser mais produtivo.

Como se diz no interior de Minas: “sem delongas…”.

  1. Ligue a câmera sempre que possível

Querendo ou não, a videochamada tornou a comunicação mais fria, e desligar a câmera eleva essa sensação a níveis gigantescos. Ver a expressão da outra pessoa aproxima e faz com que aquele momento seja mais “real” nos moldes dos encontros presenciais.

Demonstre atenção, colete informações, use todos os recursos da ferramenta para aumentar a sua produtividade.

Mas lembre-se, com a câmera ligada redobre a atenção em relação ao ambiente que você está, algumas imagens são bem particulares e devem permanecer assim.

  1. Atente-se ao microfone

Cachorro, papagaio, criança, moto… São diversos sons que estamos propensos durante uma reunião, por isso, deixe ativado o mute do seu microfone enquanto você não fala.

  1. Escolha o lugar adequado

A escolha do lugar também é de suma importância. Vejo pessoas que ficam na sala ou até mesmo na cozinha, se essa é a única opção, ok, peça a contribuição dos demais moradores e faça acontecer. Mas se você tiver a oportunidade, opte por um lugar fechado, silencioso e com boa luz.

  1. Entenda que é um momento profissional

Nunca confunda uma videochamada de trabalho com um bate papo aleatório. Parece óbvio, não é? Por incrível que pareça isso acontece.

Usar qualquer roupa, não se arrumar (pelo menos arrume o cabelo), utilizar palavrões e outros pontos informais diminuem o comprometimento em relação a mensagem, passa uma imagem de desleixo.

Não ter a estrutura física formal de uma reunião pode ser uma tentação para você cometer esses pecados. Mas o que está em jogo não é o fato de ser presente ou remoto, o objetivo de uma reunião de negócios é encontrar solução para a empresa, ou seja, é um momento profissional, sim ONLINE.

O importante é que consiga utilizar as ferramentas que estão disponíveis para agregar valor ao seu trabalho e consequentemente impactar mais pessoas com o exemplo de profissional que você é.

ON ou OFF, seja profissional!

E agora me conta: videochamada, você gosta ou odeia?

Um abraço!

Paulo Felipe Rodrigues

Paulo Felipe Rodrigues

Paulo Felipe Rodrigues é empreendedor, CEO e responsável pelo desenvolvimento da Tagarela School, escola de comunicação e marketing. Durante quatro anos atuou no departamento de marketing da IBS/FGV e por um ano fez parte da equipe de projetos da Agência Click, atual Isobar. Ele participou também do desenvolvimento de projetos de comunicação e marketing para grandes empresas, entre elas, TIM, FGV, MRV, FIAT, FINA FORMA e LOKAMIG.