Patrocínio
Volkswagen
KIA BRISA - A maior concessionária KIA do Brasil.

Cachoeira do Tabuleiro: um encontro com deuses

21/6/19

Localizada a pouco mais de 180 quilômetros de Belo Horizonte, a Cachoeira do Tabuleiro é um lugar para se encontrar com Deus ou com deuses ou simplesmente com a natureza. A trilha de acesso, embora difícil, possibilita a visão a distância da cachoeira e a medida que você se aproxima, vai ouvindo a sua imponente queda d’àgua. Tabuleiro é a maior cachoeira de Minas Gerais, com uma altura de 273 metros. É a terceira maior do Brasil.

Sua queda é equivalente a um prédio de 91 andares que resulta em um grande poço (20 metros de profundidade) para banho. Ao redor, um paredão multicolorido, que altera tonalidadas na medida em que o sol sobe ou desce. É impossível descrever.

A vegetação predominantemente na região do Tabuleiro é o campo rupestre, com capões de mata atlântica e espécies de cerrado. O córrego Ribeirão do Campo, que deu nome ao Parque, corre formando várias piscinas naturais de água cor de caramelo até encontrar o Rio Preto, próximo à sede do distrito.

COMO CHEGAR

Se estiver em Belo Horizonte, é preciso alugar um carro e percorrer 167 quilômetros até Conceição do Mato Dentro. De lá, pegar estrada de chão – em ótimas condições no inverno, e percorrer 20 quilômetros até o distrito de Tabuleiro. É preciso estacionar o carro na porta do Parque Municipal Ribeirão do Campo, que fica aberto ao público diariamente das 7h às 16h. Atenção: a entrada é autorizada somente em condições climáticas favoráveis. É cobrada uma taxa de visitação no valor de R$10,00 por pessoa e o limite de visitantes dentro do Parque é de 200 turistas por dia.

O percurso da caminhada dura em média 1h e 30 minutos. O trajeto é difícil, com muitas subidas íngremes e descidas. Mas vale muito, muito a pena.

CONCEIÇÃO DO MATO DENTRO

Considerada a “Capital Mineira do Ecoturismo” – por abrigar inúmeras belezas naturais – Conceição do Mato Dentro encontra-se na Região Central de Minas Gerais, na vertente oriental da Serra do Cipó da Cordilheira do Espinhaço.

Distante da capital mineira 167 quilômetros e a 740 metros de altitude, integra o Circuito Estrada Real e o Circuito Serra do Cipó. Com um grande potencial turístico, o município dispõe de um patrimônio natural singular, manifestado nos raros ecossistemas que compõem a Serra do Espinhaço.

Da Revista SINDLOC-MG.
Fotos: Leandro Lopes.