Patrocínio

Pico da Bandeira: subir e sonhar

26/7/19

Entre Minas Gerais e Espírito Santo existe um paraíso. Um lugar para ficar mais perto do céu. É o Pico da Bandeira, o ponto mais alto de toda a região Sudeste e o terceiro maior do Brasil. São 2.891 metros de altitude.

Localizado no Parque Nacional do Caparaó, na serra do Caparaó, na divisa entre os municípios de Ibitirama, Espírito Santo, e Alto Caparaó, Minas Gerais, o pico é a montanha mais alta do país com menor grau de dificuldade de acesso. As trilhas são bem sinalizadas e o Parque oferece todo o suporte aos visitantes. Segundo os historiadores, o nome Pico da Bandeira surgiu em 1859, quando o imperador Pedro II determinou que fosse colocada uma bandeira do Império naquele que, na época, era tido como o ponto mais alto e imponente do país.

Para quem já viveu a aventura, alcançar o Pico é indescritível. É possível chegar de carro até um certo ponto, chamado Tronqueira. A partir dele, são 3,5 km até o Terreirão, uma área de camping. Depois, mais 6,9 km até o topo. Muitos aventureiros dormem no Terreirão e sobem o último trecho no meio da madrugada com o objetivo de ver o amanhecer do dia no Pico.

COMO CHEGAR

De Belo Horizonte, basta seguir na BR-262, sentido Vitória (ES) até a cidade de Manhuaçu (MG), a 280 km de Belo Horizonte. Após a entrada de Manhuaçu, na BR-262, pegar à direita na rodovia para Manhumirim (MG) e Alto Jequitibá (MG). Em Alto Jequitibá, pegar à esquerda na rodovia para Alto Caparaó (MG). São aproximadamente 330 km de distância da capital mineira.

PARQUE NACIONAL DO CAPARAÓ

Localizado na Serra do Caparaó, na divisa dos estados de Minas Gerais e Espírito Santo, o Parque Nacional do Caparaó é um dos ícones do montanhismo no Brasil. Além do Pico da Bandeira, estão na Unidade de Conservação cinco dos dez picos mais altos de todo o território nacional.

São aproximadamente 31,8 mil hectares. Cerca de 80% do parque está no estado do Espírito Santo. Os maiores picos ficam na divisa dos estados, destacando-se o Pico da Bandeira, com 2.892 metros, o Pico 2 ou Pico do Cruzeiro, com 2.852 metros, o Pico do Calçado com 2.849 metros e o Pico do Calçado Mirim com 2.818 metros. O Pico do Cristal, com 2.770 metros fica exclusivamente em território mineiro. O parque abriga ainda outros picos, menores em tamanho, mas também de altitudes consideráveis, como o Morro da Cruz do Negro (2.658 metros), o Pico da Pedra Roxa (2.649 metros), o Pico dos Cabritos ou do Tesouro (2.620 metros), o Pico do Tesourinho (2.584 metros), e a Pedra Menina (2.037 metros) todos em território capixaba.

Para saber mais informações, acesse: www.icmbio.gov.br/parnacaparao/

Da Revista SINDLOC-MG.