Volkswagen vai reduzir modelos a combustão e vai focar em carros mais caros

Atualizado: 20 de abr.



Ao que tudo indica, a Volkswagen vai contrariar o seu nome para focar em carros mais caros. De acordo com informações da Reuters, a empresa alemã, cujo nome significa “carro do povo”, vai reduzir a oferta de seus modelos mais baratos na Europa para focar em segmentos mais caros. O objetivo da empresa é ampliar as margens de lucro, já que os veículos de segmentos superiores costumam ser mais rentáveis.


Além de focar em carros mais caros, a Volkswagen vai investir nos elétricos, como já vem acontecendo nos últimos anos. Vale lembrar que a empresa lançou uma família de modelos movidos a eletricidade, os ID, e recentemente apresentou a ID.Buzz, uma espécie de sucessora elétrica da Kombi.


Com a nova estratégia, a VW pretende aumentar os lucros, mesmo que para isso seja preciso abrir mão do aumento do número de vendas. E quem garante isso é o CFO da empresa, Arno Antlitz. O executivo deixou claro para o Financial Times que o objetivo principal não é o crescimento, mas sim a qualidade e as margens de seus produtos, com o volume e participação de mercado ficando em segundo plano.


Volkswagen ID.Buzz [divulgação]Essa mudança de mentalidade marca uma ruptura total com o pensamento do ex-presidente da VW, Martin Winterkorn. O objetivo principal do antigo líder era fazer a Volkswagen ser a marca mais vendida do mundo até 2018, superando Toyota e General Motors. No entanto, o escândalo das emissões do Dieselgate derrubaram Winterkorn, que renunciou ao cargo, e serviu para a montadora alemã passar a investir cada vez mais em alternativas mais sustentáveis.


Por ser um plano global, pode ser que esse novo pensamento da Volkswagen reverbere no mercado brasileiro. Afinal, os modelos mais simples da marca no Brasil estão diminuindo cada vez mais, e agora até mesmo o atual Gol pode estar com os dias contados. Em paralelo, a VW investe cada vez mais em SUVs, como Nivus, T-Cross e Taos, que são modelos mais sofisticados e com maior margem de lucro. Fonte: Auto+ Imagem: Divulgação Volkswagen

0 comentário