ST Corretora

Notícias

Xiaomi estreia no mercado de carros com expectativa de preços baixos

12-04-2019

A chinesa Xiaomi, mundialmente conhecida por vender de tudo a preços baixos – de smartphones a ventiladores de teto – vai disputar um novo mercado: o de veículos. A estreia no setor automobilístico será marcada pelo lançamento do carro Bestune T77, que vai ser feito a partir de uma fábrica que já está no mercado chinês, a Bestune, uma divisão da montadora local FAW.

A empresa é a mais antiga montadora em operação na China, parceira de gigantes como Toyota e Volkswagen. No caso da Xiaomi, haverá uma submarca, chamada de Redmi, para identificar que a tecnologia e o projeto do veículo são da empresa de eletrônicos. O preço ainda não está confirmado, mas a aposta é que seja um carro com foco no custo/benefício, assim como todos os demais produtos da Xiaomi.

O Bestune T77 é um SUV com potência máxima de 143 cavalos e motorização de 1,2 litro de gasolina. As dimensões de 4,5 metros de comprimento, 1,84m de largura e 1,61m de altura são equivalentes à de um Hyundai Creta e de um Nissan Kicks, por exemplo. Especula-se que o carro será comercializado a partir de US$ 13 mil, algo próximo a R$ 51,5 mil na cotação atual.

Embora circulem rumores de que a Xiaomi pode começar a competir com a Tesla no setor automobilístico, já que ambas as empresas investem em inovação tecnológica, neste momento não é algo concreto. Isso porque o principal diferencial da Tesla são seus carros elétricos. O Bestune T77 terá motorização apenas a combustão, a gasolina. Quando o modelo começar a ser exportado, um propulsor flex poderá ser incluído no projeto, segundo a empresa.

A versão original do carro tem uma assistente pessoal holográfica, com traços de animes. A interface MIUI e a Inteligência Artificial Xiao AI vão integrar funções no veículo. Essa assistente holográfica foi o que mais chamou a atenção na demonstração do carro no evento Beijing Auto Show, que é um salão de automóveis que ocorre na China desde 1990, e pode ter sido o que motivou a Xiaomi a desenvolver uma parceria com a empresa.

Entre os equipamentos como opcionais, o T77 oferece faróis de LED, estacionamento autônomo, quadro de instrumentos digital e espelhamento de smartphone. No quesito segurança, um ponto fraco dos carros chineses, há seis airbags, controles de tração e estabilidade, alerta de colisão frontal, aviso de objeto em ponto cego e farol alto com foco automático.

Distribuição
Ainda se sabe pouco sobre como vai ser a política de distribuição do carro. No entanto, é improvável que ele esteja disponível para mercados fora da China nos próximos anos. Ainda não existe uma data correta para o lançamento oficial do carro, mas isso não deve demorar muito tempo, segundo a empresa. A Xiaomi anunciou, recentemente, que está voltando para o Brasil com a linha de produtos Mi. Portanto, o carro que vai ser lançado com a submarca Redmi não deve chegar ao Brasil tão cedo.
De acordo com o site Gizmochina, o Bestune T77, além de ajudar a Xiaomi a colocar sua bandeira em mais um setor do mercado, ajuda a companhia chinesa a chamar mais atenção para a subsidiária Redmi, que foi declarada como “independente” no começo do ano, após fazer grande sucesso com a linha de smartphones.

Por Nelson Cilo, do Jornal Estado de Minas.