Patrocínio

O poder e a influência da sua marca na decisão dos consumidores

Artigo redigido por Fábio Camillo - Nativa Comunicação → 24/8/20

Você sabe qual é o verdadeiro significado de se ter uma marca forte no mercado? A força de uma empresa se apresenta na marca que, como atalho, é fator determinante na apresentação eficiente, interferindo na tomada de decisão dos consumidores.

Já parou para pensar o quanto, como consumidores, somos influenciados pelas marcas de produtos e serviços disponíveis no mercado? Pois é, essa é uma questão a considerar, principalmente para quem é empresário e quer que sua empresa seja reconhecida e se destaque entre a “avalanche” de marcas e imagens a que estamos sujeitos nos dias de hoje. Marca forte é aquela que transmite para os seus consumidores a segurança de que estão adquirindo produtos ou serviços de qualidade e, essa reputação, não se constrói da noite para o dia.

Um dos pontos determinantes para a empresa adquirir credibilidade no mercado é seus administradores se conscientizarem da importância de construir boa estratégia de gestão da marca. O marketing oferece mecanismos eficientes, que aliados à excelência do atendimento e à qualidade das entregas, vão ajudar a perceber o poder e a influência que a marca possui para despertar a atenção do público e atrair clientes para o negócio prosperar.

Para compreender melhor como o posicionamento da marca no mercado pode ser um atalho na tomada de decisão dos consumidores, separei aqui, neste artigo, três dicas muito importantes e que vão acender novas ideias para planejar a gestão da marca e assim obter melhores resultados para o seu negócio.

1) Elabore um bom projeto de branding

Com a velocidade em que o mundo atualmente funciona, atribuída pelos diversos canais de comunicação disponíveis, as estratégias de marketing ganham cada vez mais visibilidade entre os consumidores. Por isso, é preciso ter muita atenção para que a marca de sua empresa seja sempre vista como uma referência no mercado.

Grandes marcas mundiais elaboram projetos de branding com o objetivo de conquistar a mente e o coração dos consumidores. Para o marketing, o conceito de branding pode ser definido como a gestão estratégica de uma marca; é o planejamento de ações alinhado ao posicionamento e ao propósito da empresa.

A ideia de um projeto de branding vai muito além da criação da marca, pois inclui também a sua gestão eficaz a partir de planejamento que conduza à criação e adequação dos elementos que fazem parte de uma identidade visual corporativa. O objetivo é o fortalecimento da marca para potencializar a percepção da empresa na mente dos consumidores.

2) Posicione a marca da sua empresa com algum valor competitivo

Se uma determinada marca não se posiciona com algum diferencial que possa agregar valor ao segmento em que atua, existe grande possibilidade de seus clientes optarem pela concorrência. É muito importante compreender que o posicionamento de sua empresa em um mercado cada vez mais dinâmico, deve ser administrado como um processo contínuo.

Os seus diferenciais precisam estar explícitos, serem relevantes e vistos como vantagens para que os consumidores decidam pela sua marca. Lembre-se de que no plano de gestão é necessário saber como apresentar e comunicar as qualidades técnicas e os valores subjetivos que definem seus produtos e serviços.

3) Branding não é estratégia somente para grandes empresas

Quem nunca foi impactado por uma estratégia de branding? Grandes marcas utilizam de campanhas publicitárias milionárias para se posicionarem diante de seus clientes. Como exemplo disso, posso citar duas fortes concorrentes que competem no mercado de refrigerantes.

Dentre as grandes empresas de maior sucesso nesse segmento, podemos afirmar que, no Brasil, a Coca-Cola é considerada líder e está há quase 80 anos no mercado. A empresa sempre se posicionou através de campanhas publicitárias que destacam valores como amizade, felicidade, alegria e diversão para atingir e encantar os seus consumidores. No entanto, mesmo sabendo da liderança de sua maior rival no mercado, a Pepsi lançou a campanha “Só tem Pepsi, pode ser?” e assim se posicionou como a segunda opção para os brasileiros e conseguiu aumentar suas vendas.

Mas se você acha que apenas empresas de grande porte precisam se posicionar com algum diferencial no mercado, saiba que está cometendo engano, pois a elaboração de um projeto de branding não é estratégia somente para grandes marcas. Analisando os exemplos utilizados por grandes empresas e estudando a concorrência, você também pode trazer novas ideias para o seu negócio prosperar cada vez mais.

Espero que estas dicas tenham sido importantes para entender e começar a pensar em branding como investimento para a sua empresa e. A gestão da marca precisa necessariamente incorporar diferenciais e valores competitivos de relevo entre os seus concorrentes.

Um bom projeto de branding não é somente cuidar e trabalhar para tornar a identidade visual da empresa mais atrativa e moderna. Vai muito além! O sucesso depende de boa estratégica de posicionamento para promover engajamento e incentivar os seus consumidores a compartilharem novas experiências no relacionamento com os produtos e serviços comercializados pela sua empresa.

Investindo em eficiente projeto de branding, certamente sua empresa vai potencializar os resultados e você vai perceber como o posicionamento da marca pode ser um aliado para influenciar na tomada de decisão dos consumidores.

Fábio Camillo - Nativa Comunicação

Fábio Camillo - Nativa Comunicação

Formado em Publicidade e Propaganda e pós-graduado em Marketing, é também sócio diretor da Nativa Comunicação Estratégia & Consultoria. Atua desde 2006 com gestão de projetos, elaboração de planejamentos e consultoria em comunicação e marketing. É o atual coordenador da Nativa e está à frente de projetos estratégicos elaborados para atender empresas de diversos segmentos do mercado, assim como o Sindloc-MG, em parceria de trabalho com muitos anos de sucesso.